Fale conosco pelo WhatsApp

O que causa queda de cabelo?

Homem olha para espelho enquanto mexe no cabelo
09 out, 2020

As causas de queda de cabelo podem ser pontuais ou com base na rotina diária do paciente, necessitando de uma avaliação médica para um diagnóstico preciso.

A média é que aproximadamente 100 fios de cabelo sejam perdidos ao longo dia e isto se deve a renovação natural do cabelo. Quando esta queda é maior precisa-se descobrir a causa do problema. Enquanto para alguns essa perda de fios é praticamente insignificante, para outros pode revelar problemas de saúde físicos e até mesmo mentais. Entretanto, existem diversas respostas sobre o que causa queda de cabelo.

Para que o paciente saiba o que causa queda de cabelo é importante que ele avalie a sua rotina diária, tenha percepção de como agentes externos têm influenciado seu corpo e listá-los a um profissional da área da saúde.

Neste caso, essa pessoa deve procurar atendimento junto a um dermatologista, sendo esse médico capaz de prover o tratamento adequado, assim como, identificar o que causa queda de cabelo.

As causas da queda dos fios podem ser divididas em situações pontuais e com base na rotina diária do paciente. As situações pontuais que colaboram para queda dos cabelos são:

  • Pós procedimento cirúrgico;
  • Durante a gestação;
  • No pós-parto e durante a amamentação;
  • Quando o paciente apresenta quadros de febre e/ou infecções;

São compreendidas como situações rotineiras as seguintes: queda pós-química capilar como alisamento e tintura, alterações hormonais, uso recorrente de chapinha e secador de cabelo, falta de vitaminas por consequência de problemas de saúde como o hipotiroidismo, uso de remédios que podem afetar a saúde do couro cabeludo e do folículo piloso, estresse e ansiedade.

Até o suor, em especial aos praticantes de exercícios físicos de forma rotineira, entra na lista de o que causa queda de cabelo. Somado a esses fatores estão hábitos nada saudáveis como má alimentação ou repleta de alimentos ultraprocessados, ingestão excessiva de álcool em detrimento a ingestão diária de água recomendada e uso de produtos inadequados aos fios.

Maiores queixas sobre o que causa queda de cabelo

Estresse e situações relacionadas ao bem-estar mental são as principais queixas relativas à queda dos fios. Como mencionado, é tido como normal perder 100 fios ou mais ao dia, mas quando essa queda é em excesso, ou se concentra em determinado ponto da cabeça, é necessário tratamento.

O tratamento visa impedir o agravamento do quadro de queda dos cabelos, resultando em uma calvície permanente. É importante salientar que só um dermatologista pode identificar o que causa a queda de cabelo e indicar o tratamento para condição.

Outra situação rotineira é o excesso de química, seja para alisar os fios ou para tingi-los. Tais procedimentos quando feitos em demasia e de forma errada podem causar dano irreversível ao couro cabelo, levando a quebra dos fios e, consequentemente, maior queda dos cabelos. Logo, ao primeiro sinal de queda acentuada procure a ajuda de um dermatologista.

Doenças relacionadas a queda dos fios

Durante a consulta médica, com base nas queixas e na rotina de cuidados com os fios, o dermatologista determinará o que tem causado a perda dos fios, podendo ser:

  • Alopecia androgenética — afinamento dos fios que leva a queda acarretando a calvície;
  • Alopecia areata — queda concentrada em um ou mais determinadas regiões do couro cabeludo;
  • Eflúvio telógeno — queda motivada por situação de estresse;
  • Eflúvio anágeno — quando os fios caem na fase inicial do crescimento do cabelo.

Para cada uma das situações acima relacionadas existe um tratamento. Ele pode ser medicamentoso com o uso de medicamentos tópicos e até mesmo via oral. Pode ser solicitado um exame de sangue para complementar o diagnóstico da queda de cabelo feito em consultório médico.

Mais importante do que saber o que causa queda de cabelo é ter auxílio de um dermatologista para minimizar a condição. Está com queda excessiva dos fios? Entre em contato e agende uma consulta com a dermatologista Dra. Maria Cláudia Luce.

Fonte:

Clínica de dermatologia – Dra. Maria Cláudia Luce;

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).