Fale conosco pelo WhatsApp

Dermatologia Estética

Também chamada de cosmiatria, a dermatologia estética é um segmento que se propõe a diagnosticar e tratar as condições de pele que oferecem algum tipo de prejuízo estético ao paciente e a prevenção do envelhecimento. Trata-se de uma especialidade que proporciona não apenas uma melhor aparência e jovialidade ao indivíduo, mas promove sua autoestima e autoconfiança.

Quando procurar um procedimento estético?

Existem diversas situações em que a dermatologia estética pode ser aplicada. Em geral, sempre que a pele não está com uma aparência saudável ou apresenta algum tipo de prejuízo estético que gera incômodo ao paciente, o especialista pode ser procurado. Essas situações podem incluir falta de viço, aspecto oleoso ou ressecado, presença de manchas, aparecimento de rugas e outros sinais de degradação e/ou envelhecimento da pele.

Para tratar essas condições e proporcionar uma melhor aparência ao paciente, o dermatologista pode executar planos de tratamento que incluem desde técnicas simples — com utilização de dermocosméticos — e podem abranger até pequenas cirurgias corretivas. Cabe ao especialista avaliar cada paciente de maneira individual, levando em consideração suas características, necessidades clínicas e incômodos em relação à aparência, indicando assim o melhor tratamento estético.

O profissional também se responsabiliza por esclarecer todas as dúvidas do paciente, alinhando suas expectativas e apontando os resultados que podem ser alcançados por meio de cada tratamento. Além disso, o dermatologista aponta os cuidados que são exigidos antes e após o procedimento estético, solicitando exames quando necessário e oferecendo toda a orientação necessária ao paciente.

Principais procedimentos de dermatologia estética

Laserterapia

Sigla para Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, que pode ser traduzido para amplificação da luz por emissão estimulada de radiação, o laser é uma tecnologia que produz radiação eletromagnética que pode ser aplicada para diferentes funções. Na dermatologia estética, é utilizado para promover modificações físicas, químicas ou biológicas na pele.

Os alvos do laser na pele podem ser tanto pigmentos naturais do organismo quanto a tinta de uma tatuagem, ou até mesmo a água. As principais condições tratadas por meio deste método são:

  • Melanoses solares;
  • Melasmas;
  • Tatuagens que se tornaram indesejadas;
  • Lesões vasculares;
  • Estrias;
  • Rugas e flacidez facial;
  • Celulite e flacidez corporal;
  • Excesso de pelos indesejados;
  • Problemas capilares;
  • Fotoenvelhecimento.

Peeling químico

O peeling químico é um tratamento que promove rejuvenescimento, tratando manchas até cicatrizes e estrias por meio da aplicação de substâncias que destroem as camadas mais superficiais da pele, induzindo a sua regeneração. Este é um procedimento de dermatologia estética realizado em consultório após uma criteriosa avaliação do especialista, que indica o agente mais apropriado para esfoliar e renovar a pele.

Embora seja mais frequente na face, o peeling químico pode ser aplicado com muita eficiência em outras partes do corpo, sempre conforme indicação da dermatologista. O tratamento pode ser superficial, médio ou profundo, dependendo da condição a ser tratada e a necessidade de cada paciente.

Peeling físico

Assim como no peeling químico, o objetivo deste tratamento estético é promover uma aparência jovial por meio da descamação e renovação dos tecidos celulares da pele. Em vez de utilizar produtos químicos, entretanto, este método faz uso de agentes indutores de descamação, tais como lixas e aparelhos específicos para abrasão. O tratamento é pouco doloroso e pode ser realizado praticamente sem restrições, não necessitando de um anestésico.

Aplicação de Toxina Botulínica

Este é um dos tratamentos mais conhecidos e procurados em um consultório de dermatologia estética, uma vez que promove a suavização dos sinais de envelhecimento do rosto. O procedimento consiste na aplicação de um composto capaz de bloquear os sinais nervosos e reduzir a contração muscular que gera as rugas e marcas de expressão: a toxina botulínica.

Os locais que recebem a injeção com a substância são cuidadosamente escolhidos pelo dermatologista, que avalia as características faciais do paciente e a natureza de suas rugas. Assim, as injeções são aplicadas apenas nos músculos que estão envolvidos na produção das rugas, que são enfraquecidos e perdem sua ação, sem que haja comprometimento às expressões faciais do indivíduo.

A toxina botulínica também pode ser utilizada para tratamento da hiperidrose (suor excessivo) nas axilas, mãos e pés, além de poder melhorar os casos de paralisia facial.

Preenchimento com ácido hialurônico

O ácido hialurônico está presente no organismo humano, preenchendo os espaços entre as células e retendo uma grande quantidade de água. Com o passar dos anos, porém, essa substância vai se tornando mais escassa e a tendência é que apareçam as rugas, marcas de expressão e flacidez facial. O preenchimento facial com ácido hialurônico é um tratamento que melhora a hidratação da pele, corrige imperfeições e suaviza os sinais de envelhecimento.

Mesoterapia Capilar

Indicada para combater a calvície, este é um tratamento da dermatologia estética que visa restaurar a saúde do couro cabeludo, fortalecendo os fios e estimulando seu crescimento. Para isso, o método de mesoterapia capilar administra medicamentos específicos no couro cabeludo do paciente, nutrindo-o e estimulando o crescimento dos fios.

Depilação a laser

Consiste na remoção dos pelos de regiões específicas do corpo por meio da aplicação de um laser que enfraquece e destrói o folículo piloso (estrutura dérmica que produz o pelo). Trata-se de um procedimento muito popular em consultórios de dermatologia estética, sendo indicado para pacientes que sofrem com pelos encravados, aumento da quantidade de pelos em áreas indesejadas e até mesmo para aqueles que se sentem incomodados com a presença de pelos em qualquer parte de seu corpo.

Microagulhamento

Como o nome sugere, o microagulhamento é um procedimento que consiste na utilização de agulhas finas para estimular o colágeno e outras fibras naturais da pele. O objetivo é tratar cicatrizes de acne, estrias, calvície, flacidez, envelhecimento e presença de manchas escuras na pele.

Vale lembrar que, assim como acontece com qualquer outro procedimento médico, os tratamentos conduzidos pela dermatologia estética demandam avaliação prévia e criteriosa por parte de um dermatologista qualificado. Portanto, agende uma consulta com a Dra. Maria Claudia para descobrir qual é o método mais adequado para você.