Fale conosco pelo WhatsApp

Conheça todos os tipos de acne

imagem ilustrativa de uma acne
11 jul, 2022

A acne tem maior probabilidade de se desenvolver em regiões como o rosto, peito e costas

Bastante comum na adolescência, devido ao início da produção dos hormônios femininos e masculinos, a acne é um problema de pele que se caracteriza pela inflamação das glândulas dos folículos sebáceos (secretoras de óleo), que resulta do surgimento dos cravos e espinhas.

Geralmente, as áreas mais atingidas por esse problema são a região do rosto, peito e costas, onde há mais dessas glândulas.

As acnes ocorrem devido a infecções ou inflamações das glândulas sebáceas na base dos pelos, ou seja: os poros da pele ficam cheios de óleo formando os chamados cravos e quando se rompem, e liberam o material do seu interior na pele, geram as espinhas.

Quais são os tipos de acne?

O desenvolvimento desse problema pode se dar pela combinação de 4 fenômenos:

  • Oclusão folicular;
  • Hiperprodução sebácea;
  • Infecção bacteriana pelo P. Acnes;
  • Inflamação.

Esses fenômenos podem acontecer em diferentes graus, dependendo da pele da pessoa, levando à formação dos diferentes tipos de acne, que podem ser causados devido a fatores genéticos, ambientais, alimentares e hormonais.

Além disso, outros fatores que podem desencadear o surgimento dos tipos de acne são o uso de cosméticos a base de óleo, ansiedade, raiva e estresse, tensão pré-menstrual e o uso de tabaco.

Dentre os tipos de acne e seus graus podemos destacar:

  • Grau I: surgimento dos cravos, sem lesões inflamatórias;
  • Grau II: aparecimento de cravos e espinhas pequenas, com pequenas lesões inflamatórias e pontos amarelos de pus;
  • Grau III: cravos, espinhas pequenas e lesões maiores, mais profundas, dolorosas, avermelhadas e inflamadas;
  • Grau IV: surgimento de cravos, espinhas pequenas com grandes lesões císticas, diversos abscessos e cicatrizes irregulares causados pela deformidade da área afetada.

Cuidados e tratamentos para acne

Os tratamentos para os tipos de acne devem ser escolhidos pelo dermatologista de acordo com o tipo de acne e o grau das lesões apresentadas. Dentre as opções de tratamento podemos destacar:

  • Cremes e loções de uso tópico;
  • Antibióticos para diminuição das bactérias contidas no interior dos folículos da pele e redução das inflamações;
  • Anticoncepcionais e medicamentos para redução dos efeitos hormonais masculinos;
  • Medicação oral para o tipo de acne mais grave e que não respondem a outros tratamentos.

Contudo, independentemente do tratamento escolhido pelo médico especializado, alguns cuidados com a pele são essenciais para mantê-la limpa e livre de acnes, dentre eles podemos destacar:

  • Higienização da pele pela manhã e à noite com sabão neutro;
  • Criar uma rotina de skincare diária;
  • Remoção de maquiagem;
  • Lavar as mãos com frequência e evitar tocar no rosto excessivamente;
  • Evitar esfregar a pele ou espremer espinhas e cravos, prevenindo o surgimento de cicatrizes;
  • Evitar sol em excesso;
  • Uso de produtos oil-free e/ou com proteção solar.

Como citado, mesmo não tendo estudos que comprovem a relação dos tipos de acne com a alimentação, é possível que haja uma piora e agravamento após a ingestão de alimentos que possuem um alto índice glicêmico, assim como alimentos processados, produtos lácteos, gordurosos e chocolate.

Por isso, o ideal é sempre ficar atento à sua alimentação para entender qual tipo de comida afeta a acne, para que ele seja retirado da sua dieta e gerando assim um resultado mais eficiente.

Além disso, é extremamente importante manter o acompanhamento médico de rotina para evitar o aparecimento ou a piora dos tipos de acne. Este cuidado também é importante para que o dermatologista possa realizar uma avaliação completa e mais assertiva, encontrando o tratamento adequado para a situação.

Isso porque, quanto mais cedo o indivíduo procurar ajuda, maiores são as chances de controlar o problema e o tratamento ser eficaz. A medida também evita maiores complicações como cicatrizes permanentes, e a utilização de produtos inapropriados que possam agravar o quadro.

Entre em contato e saiba mais sobre os tipos de acnes e outros assuntos com a Dra. Maria Claudia.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica;

Biblioteca Virtual em Saúde

Dra. Maria Claudia Luce

Formada em medicina pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e com residência em dermatologia no Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), a dermatologista Dra. Maria Claudia Luce é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e sócia-proprietária da Clínica Sense.

ATENDIMENTO PARTICULAR

Preencha o formulário e aguarde nosso contato ou se preferir, ligue:
11 2306-1192

Horário de funcionamento: 09h às 20h