Fale conosco pelo WhatsApp

Tratamento para queda de cabelo

Dermatologista utiliza um laser na raiz do cabelo de paciente
23 out, 2020

Apesar de simples, o tratamento para queda de cabelo deve ser feito com o acompanhamento de um dermatologista para ser eficaz.

Atualmente existem diversos produtos intitulados como tratamento para queda de cabelo. Alguns realmente podem colaborar e minimizar a condição, mas é importante que o paciente identifique o que tem causado a queda para posteriormente investir nesses produtos, sendo que alguns têm alto valor agregado.

Isso deve-se ao fato de que existe mais de uma condição que colabora para queda dos fios, sendo fundamental que o tratamento para queda de cabelo seja indicado com base na causa.

O tratamento para queda de cabelo pode ser simples, como: não exagerar no consumo de bebida alcoólica, praticar exercícios e manter uma dieta balanceada. Mas, disfunções hormonais, infecções no couro cabelo, pré-disposição genética e fatores externos como ansiedade e stress podem tornar indispensável aconselhamento junto a um dermatologista.

Saiba a seguir os tratamentos para queda dos fios de melhor resultado, segundo a dermatologista Dra. Maria Cláudia Luce, e com base nas doenças recorrentes.

O que causa a queda de cabelo?

Como mencionado, identificar o que causa a queda de cabelo é a forma eficaz de indicar o correto tratamento para queda de cabelo. São doenças que acarretam enfraquecimento do folículo piloso:

  • Alopecia androgenética – quando ocorre o afinamento progressivo dos fios com rarefação dos pelos, resultando em calvície;
  • Alopecia areata — Determinada região apresenta queda acentuada dos cabelos devido uma inflamação, deixando uma falha perceptível;
  • Eflúvio telógeno — estresse físico ou emocional, que resulta no desequilíbrio do ciclo folicular e maior queda dos cabelos;
  • Eflúvio anágeno — quando os folículos pilosos enfraquecem e caem na fase inicial do crescimento do cabelo.

Tais condições podem ser diagnosticadas com exames laboratoriais (exame de sangue), tricoscopia que faz um mapeamento da saúde dos fios e do couro cabeludo e até mesmo uma biopsia.  O dermatologista indicará qual dos procedimentos diagnósticos ajudará a identificar a doença e por consequência, indicar o tratamento para queda de cabelo.

Tratamento para queda de cabelo: qual o melhor?

Não é possível denominar um protocolo de tratamento como o melhor. O tratamento vai depender da causa da queda de cabelo. Todos são eficientes e depende da reação do organismo para determinar se ele diminuirá ou não a queda dos fios. Os mais simples e de maior acesso — pois, são vendidos em farmácias e até lojas especializadas na venda de produto de beleza — são os shampoos medicamentosos.

Esse tipo de tratamento para queda de cabelo pode ser feito em casa, sendo orientado ao paciente usar produtos ao lavar os fios e complementar com o uso de loções, podendo ser acompanhado ainda de tratamento medicamentoso. Costumam ter alta eficiência, em especial quando são somados aos tratamentos feitos em consultório médico.

Pode ser orientado ainda o uso de medicamentos orais, como os nutracêuticos ou suplementos vitamínicos que atuam diretamente na saúde dos cabelos e das unhas.

Pacientes diagnosticados com alopecia androgenética, ou seja, queda de cabelo que resulta em calvície e tem o fator hereditariedade, têm a indicação de usar o Minoxidil. O medicamento que é de uso tópico deve ser usado diariamente e seu efeito pode começar a surgir entre o quarto e o sexto mês de tratamento para queda de cabelo.

Tratamentos feitos exclusivamente em consultório

Dentre os tratamentos para queda de cabelo feito em consultório e que apresentam resultados expressivos está o microagulhamento. Tal procedimento é indicado a pacientes com algum tipo de alopecia e tem como intuito ativar a circulação sanguínea do couro cabeludo, incentivando assim o nascimento de novos fios devido à ativação promovida pelo plasma do sangue. Os furinhos feitos pelas minúsculas agulhas permitem que medicamentos (quando é necessário utilizar) penetrem no couro cabeludo no local exatamente desejado.

Laser ou LEDs também têm se mostrado eficientes metodologias de tratamento para queda de cabelo.

A luz de baixa intensidade, ou LED, ajuda na estimulação dos folículos capilares minimizando a queda e colabora ainda em pacientes com miniaturização ou cabelos bem finos e nada volumoso.  Já o laser é um procedimento considerado mais avançado e faz com fluxo sanguíneo seja aumentado na região do couro cabeludo, incentivando o nascimento de novos fios.

Como já informado, o melhor tratamento para queda de cabelo só pode ser indicado por um dermatologista. Portanto, entre em contato com a Dra. Maria Cláudia Luce e veja como minimizar a queda de cabelo e ter de volta a saúde dos fios.

Fontes:

Clínica de dermatologia – Dra. Maria Cláudia Luce;

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD);

Sociedade Brasileira do Cabelo.